Páginas

segunda-feira, agosto 01, 2016

Mudanças de hábitos para emagrecer

Existem algumas atitudes que podem ser feitas para facilitar usa vida quando você iniciar m processo de reeducação alimentar! Porque emagrecer pode até ser considerado relativamente fácil, o difícil e se manter! Por isso a mudança de hábitos e forma de pensar e muito importante! 

Mude seus conceitos: não encare verduras, legumes e frutas como um sacrifício para emagrecer. Eles são fundamentais em uma alimentação saudável e precisam fazer parte da sua rotina alimentar. Sem contar que, devido à variedade de nutrientes que contêm, trazem diversos benefícios ao seu corpo. Além disso, existem tantas opções, que é impossível odiar todas. Alguma, certamente, agrada o seu paladar.
Direcione seu foco: está claro que você precisa estar atento a tudo que leva à boca, mas isso não significa que seu pensamento deve estar totalmente voltado para a comida. Quando não estiver na hora das refeições, faça alguma coisa que te distraia como ler um livro, ouvir música, assistir a um filme. Isso evita que você pense excessivamente nos alimentos, aja naturalmente.
Previna-se das tentações: caso você ainda se sinta vulnerável diante das suas delícias preferidas, evite dar de cara com elas. Não se exponha a situação de risco. A solução apontada é na hora das compras, fugir das gôndolas e corredores que abrigam os alimentos tentadores, como bolachas recheadas e chocolates, por exemplo.

Marcela Sansone

domingo, julho 31, 2016

Tempo para refletir e agir por Maria Ivone Neto Mourão

Hoje acordei refletindo sobre uma situação. A serenidade e o silêncio da reflexão nos fazem enxergar quantas vezes olhamos sem ver. Ao refletir temos consciência da importância da união do pensamento e ação. A ação dá forma ao pensamento, concretiza as decisões e abre espaço para novas oportunidades.

É incrível perceber como a convivência e as experiências que adquirimos no contato com personagens relevantes em nossa caminhada são fortalecedoras nesses momentos que precisamos de força e sabedoria para agir com equilíbrio. Em especial, aquelas pessoas que nos motivam a aprender e nos ensinam com suas firmes atitudes a questionar, ampliar a visão, respeitar as diferenças e compreender que tudo tem um sentido.

E assim, uma chuva de pensamentos, emoções, sensações e perguntas foram surgindo. Embora eles tenham sido motivados para uma conversa que vou ter logo mais com uma pessoa específica que está necessitando de uma orientação e que já está em minha fervorosa oração, resolvi escrever sobre eles porque podem servir de estímulo para outras pessoas:

O que é mais valioso em sua vida? Agradeça por tudo que é especial. A gratidão é um bálsamo.

Você é energia e tudo está em movimento. Não fique paralisado, entre no ritmo de abundância da vida. Nascemos para o desenvolvimento pleno e a plenitude não é inacessível. O acesso está na sua essência.

Tente olhar de fora e ver o que você está fazendo de bom ou ruim por você. O que você precisa mudar?
Onde você está agora? Avalie com sinceridade sua situação atual - financeira, emocional, física. O cenário é negativo, não desanime. Ter clareza da situação é o ponto de partida para recomeçar. Não fique presa ao passado. O que precisa morrer para iniciar um novo ciclo?

Aonde você quer chegar e o que está fazendo no presente para chegar lá? Suas escolhas determinam seu presente e seu futuro. Faça escolhas inteligentes, conscientes e que contribuam para melhorar sua vida. Acione a potencialidade que existe em você. Desperte. Renove. Transforme. Aprimore sempre.

Selecione bem as pessoas, os pensamentos, as palavras, as atitudes e tudo que você faz porque tudo é como uma semente que irá gerar um fruto positivo ou negativo. Tenha consciência de que sua ação influencia sua vida, a do planeta e das pessoas a sua volta.

Encontre seu propósito de vida. Enfrente os desafios com coragem. Não tema a transformação, mudar faz parte da renovação da vida. Todo ser humano é capaz de melhorar e assumir o compromisso com um novo caminho. A força está dentro de cada um e o tempo acontece. O que você está fazendo com o tempo de sua vida?

Valorize suas conquistas. Você tem capacidade para alcançar o que deseja se verdadeiramente decidir a direção da sua vida. Reconheça suas limitações e fortalezas. O autoconhecimento é um portal de mudanças. Reconhecendo os bloqueios você tem potencial para criar estratégias para vencê-los. Seus recursos são suas fortalezas e você pode promover avanços continuamente. A vida é um presente de Deus para andarmos para frente. Você tem o PODER de evoluir.

Aprenda a ter controle. Isso não é impossível. A disciplina é uma aliada do sucesso. E isso é válido para qualquer situação de sua vida - financeira, emocional, psíquica e física. Disciplina é liberdade.

Sua saúde é interligada com tudo que você faz. Seu corpo é um presente de Deus, cuide dele com gratidão e amor. Encontre a felicidade nas pequenas coisas e verá o quanto a vida é preciosa. Muitas coisas exigem sacrifício, mas a recompensa vale todo o esforço. Seja líder de si mesmo e sirva com amor.

Escreva suas metas, coloque o foco de sua atenção nos seus objetivos e seja PERSISTENTE. Planejar, organizar, acompanhar, reprogramar. Quais as PRIORIDADES de sua vida? Quais suas metas de curto, médio e longo prazo?

Alimente sua fé. A FÉ fortalece. Faça de cada atitude sua uma oração. A Espiritualidade nos abençoa de todas as formas. Faça sua conexão com o sagrado e verá que tudo em sua vida irá se expandir porque nascemos para crescer. A PROSPERIDADE é fruto de seus pensamentos, ações e associações.

Faça tudo por você e estará fazendo também por quem você ama. A vida é uma rede de conexões energéticas. As mais poderosas leis do universo são para todas as pessoas: AÇÃO-REAÇÃO, PLANTIO-COLHEITA, DAR-RECEBER. Nunca esqueça essas leis universais porque elas regem a vida no planeta. Faça tudo tendo CONSCIÊNCIA de que seus passos terão um RESULTADO. Que tal agir para alcançar resultados positivos?

Muitas vezes já ouvi: falar é fácil, fazer é difícil. Mas quem disse que o melhor caminho é fácil? Não se prenda nessa crença limitante. Ultrapasse a inércia da zona de conforto. Mexa-se. Você é dotado da força criadora da vida para fazer acontecer seus sonhos. Tenha certeza de que a chave está em você!  

sexta-feira, julho 15, 2016

Sobre o que andam pensando a seu respeito por Rosana Braga

Sei que nossas mães e avós não se cansavam de nos alertar sobre o que os vizinhos poderiam dizer de nós caso nos comportássemos de forma contrária ao que era esperado de nós.

Conheço pessoas que desistem de um amor ou terminam uma relação por conta do que podem pensar ou dizer sobre elas. Presas à ilusão de que podem controlar os outros, abrem mão do que querem. Entretanto, a cada dia mais estou segura de que não importa o que façamos, sempre haverá alguém insatisfeito e, portanto, falando ou pensando algo que depõe contra a gente.

O melhor é relaxar e entender que pensar e falar são direitos de todos, inclusive quando o tema é você. E a menos que seja algo realmente extremado, que mereça um processo judicial, por exemplo, não vale a pena sofrer por essa causa!

Por isso, tenho comigo uma assertiva que compartilho com quem deseja ter mais propriedade sobre si e suas escolhas:

O que as pessoas pensam a meu respeito é problema delas e não meu.

Seríamos realmente muito mais felizes se absorvêssemos, de uma vez por todas, esta verdade. Os meus pensamentos são problema meu. Os seus pensamentos são problema seu.

As pessoas têm o direito de pensar e ponto! Se for sobre você, sobre mim ou sobre o quem quer que seja, é problema delas. Será que alguma vez você já foi pedir permissão a alguém por estar pensando sobre a vida dele? Não, certamente não!

Pare de se julgar poderoso o bastante para controlar os pensamentos das pessoas, ainda que sejam sobre você. Concentre-se em ser o melhor de você; de resto, meu querido, relaxe. Continuarão pensando sobre sua vida, sobre aquilo que você fez e também sobre o que você não fez... e pior (!), também pensarão muitas vezes a respeito daquilo que imaginam que você tenha feito, sem que isso corresponda à verdade.

Não desperdice sua energia tentando convencer a quem quer que seja de que não merece ser alvo dos pensamentos (e até julgamentos) alheios. Saiba que quem realmente estiver interessado em você, porque deseja vê-lo feliz. terminará, mais cedo ou mais tarde, encontrando uma maneira de averiguar os fatos.

Claro que inteligência também passa pelo bom-senso. O melhor é agir conforme seus valores e sua moral, evitando endossar comentários medíocres e que não correspondam com quem você realmente é.

Desista de tentar agradar a todos ou garantir que não falem de você. Faça o que estiver de acordo com sua consciência, porque todo o resto será lucro, será ganho. Lembre-se: quanto mais flexível você for, mais autonomia terá sobre sua vida e você só tem a ganhar!

segunda-feira, julho 04, 2016

Demostrar amor, sempre! Implorar, jamais Rosana Braga

Andei escrevendo alguns artigos defendendo as demonstrações de amor, a transparência dos desejos e insistindo em afirmar que forte é aquele que assume o que está sentindo, ainda que isso seja feito através de lágrimas e sofrimento.

Pois muito bem! Recebi dezenas de mensagens de pessoas contando sobre o quanto têm exposto o que sentem e o quanto isso tem lhes rendido mais desafeto, menos estima por si mesmas e frustrações seguidas de frustrações. 
 
Observando tais histórias, notei que, como em tudo o que é sutil e profundo ao mesmo tempo, há um tênue limite a ser observado nesta questão. Ou seja, é preciso amadurecimento e autopercepção para notar a diferença entre ?demonstrar o que se sente? e? mendigar o amor do outro? Coisa que nunca defendi e nem pretendo fazê-lo agora; tanto que, numa outra ocasião, escrevi O outro tem o direito de não gostar de você!.

Tem muita gente confundindo ?ser sincero? com ?ser inconveniente? ; pessoas agindo sem dignidade em nome não de um amor, mas de uma obstinação infantil e neurótica. Quando digo que precisamos começar a admitir mais o que sentimos, não estou dizendo que devemos empurrar esse sentimento ?goela abaixo? do outro, nem implorar, esgoelar-se, fazer chantagens ou mendigar afeto.
Se o outro disse ou demonstrou que não quer, que não pode retribuir o amor que sentimos, o mínimo que podemos fazer é respeitá-lo e ? sobretudo ? tentar manter nossa autoridade moral diante deste ?não?. Acontece que aí está outro tênue limite: a diferença entre ?comportar-se de modo digno? e ?agir movido por um orgulho despeitado?.

De novo, é preciso maturidade para se dar conta de que chorar, expressar-se emocionalmente, esclarecer desejos e ser honesto com sua própria dor faz parte de uma personalidade íntegra; ao passo que ficar com raiva, se fechar ou demonstrar indiferença e superioridade quando o coração está, na verdade, sangrando, são atitudes que evidenciam um ego exacerbado, uma agressividade enrustida e nada produtiva.


Mas há que se considerar que entre a infantilidade e a maturidade existe um longo caminho a ser percorrido e muitas experiências a serem vivenciadas; isto é, uma vida inteira! E quem de nós nunca se excedeu, nunca insistiu ou nunca se comportou de modo orgulhoso e despeitado diante das armadilhas do coração? Felizmente, pouquíssimos ou ninguém se reconhecerá tão conveniente, tão adequado e absolutamente oportuno na dança do amor; até porque, estaria sendo pedante, muito certamente.


Sendo assim, mais do que levar tão a sério o jamais que coloquei propositadamente no título deste artigo, meu intuito é que eu e você consigamos ser corajosos o bastante para arriscarmos e apostarmos mais uma vez na possibilidade de ser melhor! Afinal, bom mesmo é descobrir na prática, errando e acertando, o quanto podemos amadurecer, nos tornar mais autênticos e inteiros no exercício de amar.

quinta-feira, junho 30, 2016

O maior presente é a presença por Fernanda Lopes de Luzia

Sim! Reflita sobre essa frase. Ás vezes estamos tão preocupados em "ter" que esquecemos de "ser". Esquecemo-nos de nos unir às pessoas tendo as mãos vazias - mas o coração repleto! Podermos transmitir as pessoas nossa vibração de amor, nosso sorriso e nossa presença completa - e não fragmentada como a maior parte das vezes - compreendermos nos outros uma Centelha Divina e aceitarmos essa Centelha Divina em nós sorrindo em cada um.

Deixe sua bagagem de lado, tudo o que você se tornou pelos Rótulos... Aprenda a ser o mais profundo do seu amor em atividade. Aprenda que você é só isso e nada mais, não precisa de nada mais. Aprenda a recuperar as pessoas para a vida, aprenda que muitas vezes o outro só esta longe de sua essência de amor, e é isso que lhe faz querer controlar os outros e as situações - a necessidade de aprovação e o medo. Tudo o que abominamos nos outros, o somos em parte. É preciso compaixão para com o outro, para que possamos amar a nós mesmos na mesma medida.

Nosso planeta precisa de menos pessoas indignadas e mais pessoas comprometidas de verdade com a paz. Participando das manifestações silenciosas em seus próprios espíritos, de aquietar o barulho das confusões internas, pra simplesmente emanar Paz!

Não desprezemos ninguém no meio da Jornada. Saibamos que todos crescem e que é só o Amor que constrói tudo o que vemos na vida - o "não perecível". Sejamos os verdadeiros presentes na vida das pessoas.

Ainda hoje, pratiquemos a PAZ!

Ainda hoje no seu trabalho... pratique a PAZ!

Ainda hoje na sua família, pratique a PAZ!

Larguemos tudo o que nos afasta dos outros, nos aproximemos com o amor, ofereçamos um gesto amoroso às pessoas ainda hoje.

Já percebeu o poder de suas palavras?

Já percebeu o poder do seu afago?

Já percebeu o quanto você é capaz ainda hoje de mudar o dia de alguém?

E fazer sua vida valer muito a pena?

Pense nisso.

Abra os limites do seu coração e reconecte-se ao seu curador interno que se liga ao Pai como instrumento silencioso e semeia PAZ por onde vai!!

AINDA HOJE SEJA... A PRESENÇA!